Alergia ao Esmalte

Por Renata Lima Asaiag

Alergo House

esmalte1

Antigamente pensava-se que os esmaltes só tinham finalidade estética. Atualmente, após diversas pesquisas foi concluído que além desta o esmalte tem como objetivo proteger as unhas das agressões diárias, e fortalecê-las, que por má alimentação ou herança genética tendem a ficar fracas. A partir dessa nova mentalidade, cada vez mais o uso de esmalte foi se espalhando dentre a população. Porém, hoje em dia, pode-se dizer que 10% da população têm alergia a esmaltes (dermatite de contato).

  • Qual é a finalidade dos componentes do esmalte?

 

1- Formador primário de filme responsável pela dureza e resistência à abrasão – ex: polímeros de metacrilatos, polímeros vinílicos e nitrocelulose.
2- Resina formadora secundária de filme com a função de acrescentar brilho e aderência – ex: formaldeído, p-toluenosulfonamida.
3- Plastificantes que proporcionam flexibilidade – ex: ftalato de dibutila, ftalato de dioctila, fosfato de tricresila.
4- Solventes – ex: acetatos, cetonas, tolueno, xileno.
5- Corantes – pigmentos orgânicos e inorgânicos.
6- Materiais de carga especial para dar iridescência – ex: escamas de peixe de guanina ou flocos de dióxido de titânio revestido com mica.

Os três primeiros componentes são dissolvidos em um solvente, acrescentando cor e cargas para obter um aspecto cosmético desejado.

  • Quais são os principais causadores da alergia ao esmalte?

 

Geralmente as reações alérgicas são causadas pelo tolueno e formaldeído presentes na composição dos esmaltes. Mas a alergia pode não ser desses componentes e sim da mica, que é um pigmento usado nos esmaltes cintilantes e perolados.

esmalte2– Tolueno

O tolueno ou metil benzeno é usado como matéria prima para fazer uma série de substâncias, dentre elas, detergentes, medicamentos, perfumes, TNT, esmaltes, entre outras.

É um líquido incolor com odor característico. Ocorre na forma natural no petróleo e na árvore tolú e também pode ser produzido durante a manufatura da gasolina e de outros combustíveis a partir do petróleo cru.

Devido ao seu basto custo é utilizado no esmalte como solvente. É o causador de 95% das alergias ao esmalte.

 

esmalte3– Formaldeído

O formaldeído ou metanal é um gás muito usado em produtos químicos. É utilizado de forma inapropriada para alisar cabelos, onde é conhecido como formol. Essa substância é extremamente tóxica e pode causar sérios danos a saúde.

No esmalte, o formaldeído está presente na resina, que tem por função dar aderência e durabilidade do produto.

Até o momento o formaldeído só está proibido nos Estados Unidos, Canadá e nos países do oeste europeu.

A tendência mundial é retirar esses componentes da formulação. O grande problema é que quando há alteração da resina, o produto tende a ficar com uma qualidade inferior além de elevar seu custo final, dificultando a aceitação do público.

  • Qual são os sintomas da alergia ao esmalte?

 

Os principais sintomas são inchaço nos olhos (pálpebras), podendo ocorrer descamação, vermelhidão e coceira no pescoço, lábios, orelhas, face e mãos (mais raro), regiões sensíveis onde levamos a mão com freqüência.

esmalte4

Dermatite de contato alérgica por esmalte de unhas

  • O que são esmalte antialérgico ou hipoalergênico?

 

São esmaltes que substituem o tolueno e formaldeído por outra resina, retirando-os da formulação. Isso não exclui a possibilidade de algumas pessoas terem alergia a nova resina utilizada, ou a outro componente.

esmalte5 Como é feito o diagnóstico da alergia?

O diagnóstico da alergia ao esmalte pode ser confirmado com a realização do teste de contato que consiste na aplicação de uma fita hipoalergênica contendo substâncias padronizadas nas costas do paciente. O paciente retorna para primeira avaliação após 48 horas e retorna ainda para outra avaliação 72 horas após a colocação do teste.

  • Qual é o tratamento?

 

Não existe tratamento, a pessoa alérgica não pode usar mais esmaltes que não sejam hipoalegênicos, inclusive bases, pois estas possuem uma maior quantidade de resina (aumentando a aderência do esmalte).

O termo hipoalergênico pode ser atribuído àqueles produtos cujo baixo potencial alergênico é reconhecido e comprovadamente reduzido, em relação a produtos do mesmo tipo e de função. Eles devem passar pela aprovação da ANVISA.

medico



13 comentários sobre “Alergia ao Esmalte

  1. Muito bom esse site de informações, me ajudou baste.
    Descobri a pouco tempo quando consultei minha dermatologista que tenho alergia a composição dos esmaltes que possuem na sua formulação tolueno e formaldeíde, e agora sei que só posso ultilizar esmaltes hipoalergicos.
    Adorei a pulblicação parabéns para quem teve essa brilhanre ideia de pesquisa sobre esse assunto e compartilha com todos que possuem essa mesma alergia a esse tipo de substância.
    Um forte abraço!!!

  2. Muito bom esse site de informações, me ajudou baste.
    Descobri a pouco tempo quando consultei minha dermatologista que tenho alergia a composição dos esmaltes que possuem na sua formulação tolueno e formaldeíde, e agora sei que só posso ultilizar esmaltes hipoalergicos.
    Adorei a pulblicação parabéns para quem teve essa brilhante ideia de pesquisa sobre esse assunto e compartilha com todos que possuem essa mesma alergia a esse tipo de substância.
    Um forte abraço!!!

  3. Olá! Amo esmaltes e sempre uso, mas fiz o teste de alergia recentemente e meu problema é com a resina do esmalte. Tem algum tipo de esmalte que posso usar??

  4. Tenho muita alergia do esmalte fui manicure durante um ano mesmo com alergia achava que no iria me afeta mais fui grave quase morri fiquem atentas e uma alergia muito perigosa

  5. Eu não descobria de onde vinha minha aergia, e ela só piorava….fiquei 5 meses em tratamento tirei na unha a pele inteira do meu pscoço…olhos horriveis boca, labios e orelhas…fui parar até internada. Depois que passou toda a crise onde parei de usar tudo pois não sabia de onde desencadeou uns 4 meses depois fui voltando com os proutos de beleza aos poucos até que usei e esmalte e atacou de novo aí fui descobrir de onde veio a terrivel crise alergica.

  6. Este site é muito bom,vai me ajudar bastante ,sofro muito com problemas alérgicos, principalmente devido alguns tipos de ácaros,poeira,timerosal,vai me ajudar bastante a controlar a dermatite de contato.

  7. ja comprei esmaltes free sem formoldeida, da Anita, tive alergia meus olhos cosaram mt e inchou, então minha alergia não é a formol.

  8. ja comprei esmaltes free sem formoldeida, da Anita, tive alergia meus olhos cosaram mt e inchou, então minha alergia não é a formol.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *