Congressos de Alergia e Asma no Rio de Janeiro

De 13 a 16 de Novembro 2010, será realizado no Rio de Janeiro o XXXVII Congresso Brasileiro de Alergia e Imunopatologia, englobando também o XVI Congresso Latinoamericano de Alergia e Imunologia Clínica e o Congresso Nacional de Asma (CONASMA).



O tema principal dos congressos é “Doenças Alérgicas: dos Genes ao Tratamento”. O programa científico será composto por Simpósios, Colóquios, Encontros com o Especialista, e Conferências. Além disso, com os auspícios da “World Allergy Organization” será promovido o Programa para Sociedades Emergentes, onde Sociedades Latinoamericanas de Alergia não estruturadas receberão orientações técnico-científicas para que possam vir a se desenvolver. ”Queremos oferecer a todos os participantes, atividades científicas do mais elevado nível, bem como discutir as aquisições mais recentes no manejo das doenças alérgicas”, afirma Dr. Dirceu Sole, presidente do XVI Congresso Latinoamericano de Alergia, Asma e Imunologia.

Um dos temas a ser abordado é Alergia alimentar: novos conceitos, que vai discutir o aumento na prevalência da asma e da obesidade em países industrializados nas duas últimas décadas, tanto em adultos como em crianças.

Segundo o Dr. Fábio Kuschnir, que responde pela presidência do XXXVII Congresso Brasileiro de Alergia e Imunopatologia e é membro da equipe da Clínica de Alergia da Policlínca Geral do Rio de Janeiro, “diferentes hipóteses tentam estabelecer uma causalidade entre as duas condições: alterações na mecânica das vias aéreas e da resposta imune, influências hormonais, fatores genético-ambientais e possíveis efeitos do uso de medicamentos no tratamento da asma”.

Outro tema que merece destaque é: Modificações climáticas, poluição e alergia que vai tratar da contaminação ambiental e doenças respiratórias e poluição indoor. “O homem moderno passa boa parte da sua vida em recintos fechados, sobretudo no ambiente de trabalho. Edifícios selados, ventilados artificialmente por centrais de refrigeração, podem apresentar níveis elevados de poluentes químicos e biológicos, devido à baixa troca de ar interno/externo”, ressalta Dr. Evandro Alves do Prado, presidente do CONASMA – Congresso Nacional da Asma 2010. O especialista alerta para a presença de áreas de infiltração que favorecem o crescimento de fungos e bactérias e tem sido apontada como um importante fator de risco para sintomas respiratórios, como asma e rinite.

A Urticária – aguda e crônica – também será tema das palestras que discutirão ingestão de alimentos, reações a medicamentos, temperatura (alta ou baixa). No Simpósio World Allergy Organization será discutida – Anafilaxia: visão atual, que abordará as reações anafiláticas (a anestésicos, picadas de insetos, látex, penicilina, etc.

Veja a Programação completa no site do Congresso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *